Erro 2

‚ÄĒ O prop√≥sito da morte de Cristo n√£o foi que Ele confirmasse o novo pacto de gra√ßa pelo Seu sangue, mas t√£o-somente que adquirisse para o Pai o mero direito de estabelecer uma vez mais com o homem a alian√ßa que Lhe agradasse, fosse ela de gra√ßa ou de obras. Refuta√ß√£o ‚ÄĒ Isso milita contra a Escritura que ensina que Cristo se tornou o Fiador e o Mediador de uma superior alian√ßa, isso √©, de uma nova alian√ßa; ensina tamb√©m que um testamento s√≥ passa a vigorar com a morte (Hb 7.22, 9:15, 17).